Testes de gravidez

Todos os meses sinto-me grávida, mas o teste dá sempre negativo?

Às vezes, temos tanta vontade em engravidar, que as alterações normais do nosso corpo parecem diferentes, especialmente quando andamos nas tentativas. É normal que as nossas altas expectativas nos leve a pensar que o nosso corpo esteja a fazer alguma coisa de diferente. Mas os testes de gravidez geralmente são fiáveis e se vários testes nos dão informação negativa, devemos acreditar neles.
Há um problema muito raro denominado pseudociese, em que a mulher tem sintomas reais de gravidez, mas não está grávida. Os sintomas podem ser muito dramáticos - alargamento abdominal, alterações nos seios, movimento fetal e dores de parto. Ninguém sabe porque é que acontece.
A pseudociese parece ser mais comum em mulheres casadas, que já estiveram grávidas anteriormente ou que se encontram no seu segundo casamento. Quando são diagnosticadas, geralmente melhoram com aconselhamento e apoio da família e amigos.
Provavelmente não sofremos dessa doença, o que temos é sintomas pré-menstruais. Os sintomas mensais podem variar de pessoa para pessoa, quer a pessoa esteja grávida ou não. Muitas mulheres têm cãibras, dores abdominais, inchaço e vómitos quando têm o período, chegando ao extremo de terem de faltar ao trabalho ou às aulas todos os meses, mas não estão grávidas. Os investigadores acreditam que é a flutuação dos níveis de estrogénio e progesterona na corrente sanguínea (as duas principais hormonas produzidas durante o ciclo menstrual) as principais responsáveis  por estes sintomas.
Se não estivermos a tentar engravidar e quisermos diminuir os sintomas menstruais, tomar a pílula ajudará, visto que ela regula a quantidade de hormonas no nosso corpo, reduzindo drasticamente as flutuações no nosso ciclo menstrual. Outras coisas simples que podem ajudar: reduzir a cafeína e fazer exercício físico ao longo do mês.
Tracey Telles - Especialista de fertilidade

Como calcular a data do parto?

A gestação humana é igual para toda a gente: 38 semanas desde o dia da concepção até ao dia do parto. Algumas futuras mamãs sabem exactamente o dia da concepção. Se tivermos mantido relações sexuais apenas no nosso período fértil, não significa que tenhamos engravidado nessa altura. É possível que os espermatezóides se mantenham nas trompas de falópio durante alguns dias, à espera que o óvulo seja libertado. E o óvulo será então fertilizado e será esse o momento exacto da concepção.
Por isso, quando não sabemos o dia da concepção, como poderemos saber qual será a data provável do parto?
A maioria das pessoas faz uma estimativa. O método geralmente utilizado pelos médicos obstetras é simplesmente contar 40 semanas a partir do primeiro dia do nosso último período menstrual. Este método não tem em consideração a duração do nosso ciclo menstrual ou o dia provável da concepção. As calculadoras online utilizam o mesmo sistema dos obstetras.
Se soubermos exactamente o dia da concepção, há calculadoras online que fazem o cálculo com base na data da concepção. Neste caso, contam-se 38 semanas a partir do dia da concepção.
O nosso médico obstetra irá acertando o dia do parto, com base nas ecografias. Consoante o crescimento do bebé o médico indicará uma nova data de parto. O cálculo da data de parto é sempre aproximada, nunca rigorosa. Apenas 1 em 20 mulheres dão à luz na data anteriormente calculada. O parto pode ocorrer nas 2 semanas anteriores ou posteriores a essa data.
Equipa BabyCenter

O teste de gravidez mostrou uma linha muito ténue. Posso considerar o teste positivo?
Depende. Para que um teste feito em casa dê positivo, o nosso corpo tem de estar a produzor um nivel detectável da hormona gonadotrofina coriónica humana (hCG). Mas nem todos os testes de gravidez detectam a mesma quantidade da hCG. Um teste sensível mostra um resultado positivo, mesmo na presença de uma pequena quantidade de hormona. Quanto mais sensível for o teste, mais cedo indicará um resultado positivo.
Se o teste que usámos mostrou um positivo muito ténue, pode não ser muito sensível. Se ainda tivermos a caixa, deverá indicar o nivel de sensibilidade do teste, ou seja, quanto mais baixo o número melhor. Por exemplo, um teste de sensibilidade 20 IU/L indicará a gravidez mais cedo que um teste de sensibilidade 50 IU/L. A melhor regra para comprar o teste de gravidez mais sensível é pelo preço: quanto mais caro, mais sensível será à presença da hCG. Porém, devemos sempre ler a caixa e verificar a descrição do mesmo.
Muitas mulheres obtêm um resultado positivo ténue e o melhor será repetir o teste em 2 ou 3 dias para obter um resultado mais exacto. A maioria dos testes dão resultado positivo na altura em que o período deveria aparecer, considerando que o nosso corpo está a produzir hCG normalmente.
Se o teste é um positivo ténue durante alguns dias e mais tarde dá resultado negativo, podemos ter tido um aborto sem nos apercebermos. Os especialistas estimam que cerca de 20 a 30% das gravidez acabam em aborto. Infelizmente é comum.
Tracey Telles - Obstetra e Especialista de Fertilidade

Três testes de gravidez mostraram resultado negativo, mas o meu período está atrasado há mais de duas semanas. O que se passa comigo?

Se todos os três testes deram negativo quando tínhamos 2 semanas de atraso, é quase impossível estarmos grávidas. Mas também como há raras excepções, convém consultar um médico para termos a certeza.

Se não estivermos grávidas, seguem-se algumas explicações plausíveis:

1-As mulheres podem deixar de ter períodos regulares por vários motivos, incluindo stress e exercício físico excessivo. Os nossos ovários geralmente libertam um óvulo todos os meses e passados 14 dias da libertação, caso não seja fertilizado, o revestimento interno do útero é expulso através da mesntruação. Se os nossos ovários não estiverem a libertar óvulos por qualquer razão, o útero pode não estar a receber todos os sinais para iniciar a menstruação. Às vezes as mulheres têm de tomar a pílula para resolver esta questão. Se não nos aparecer pelo menos 3 períodos seguidos e os testes de gravidez mostrarem resultado negativo, devemos consultar o médico. Essa irregularidade pode dever-se a dois factores:

 

 

#Problemas de tiróide. Se a glândula da tiróide (que controla o metabolismo do nosso corpo) não estiver a funcionar bem, pode interferir com os nossos períodos. Outros sintomas que indiciam problemas de tiróide são cansaço extremo, queda de cabelo, aumento de peso e uma sensação constante de frio quando mais ninguém sente frio. Uma simples análise ao sangue irá detrminar se a tiróide está a funcionar correctamente ou não. Este problema pode ser corrigido com medicação.

 

 

#Demasiada prolactina. Não nos aparece um período (ou mais do que um) se o nosso cérebro estiver a produzir um nivel demasiado alto da hormona prolactina. O corpo de uma mulher geralmente produz prolactina quando está a amamentar, o que faz parar a menstruação. Este problema pode ser corrigido com medicação.

Tracey Telles - Obstetra e Especialista de Fertilidade


Quando é que devo ignorar um teste de gravidez negativo?

Se fizermos um teste de gravidez demasiado cedo, um resultado negativo não significa nada. Quando o óvulo é fertilizado depois da ovulação, demora cerca de uma semana para viajar desde a trompa de falópio até ao útero. Só quando o óvulo fertilizado se implanta no útero é que o nosso corpo começa a produzir a hormona da gravidez hCG, que é o que o teste de gravidez detecta para dar o resultado positivo.

O teste de gravidez só dará resultado positivo se detetcar hCG. Mesmo que tenhamos conseguido engravidar, se fizermos o teste muito cedo, irá mostrar resultado negativo, porque o óvulo fertilizado ainda não teve tempo para se implantar no útero.

Se soubermos exactamente o dia em que a concepção ocorreu, e esperarmos uma semana para fazer o teste, mesmo assim será cedo demais. Muito poucas mulheres sabem os dias exactos da ovulação e é muito difícil prever quando a concepção ocorreu. Mesmo que o óvulo seja fertilizável por apenas 24h, os espermatezóides conseguem viver por 4 ou 5 dias, por isso há um grande período em que a fertilização pode ocorrer. Para obter um resultado mais exacto convém fazer o teste na semana seguinte em que o período deveria aparecer (digamos, na altura em que o período está atrasado pelo menos há uma semana). Nessa altura haverá quantidade suficiente de hCG para ser detectada pelo teste de gravidez.

Se tivermos a certeza que esperámos o tempo suficiente para fazer o teste e mesmo assim o resultado é negativo, provavelmente não estaremos grávidas. A gravidez não é a única responsável pela ausência do período: stress, exercício em excesso, problemas da tiróide, entre outros problemas podem atrasar a menstruação.

Há uma possibilidade muito remota de estarmos grávidas e o teste dar negativo. Ocasionalmente, os testes de gravidez podem errar e é mais provável estar errado um resultado negativo, do que positivo.

Em raros casos, o corpo da mulher pode não produzir hCG em quantidade suficiente que seja detectável.

Equipa BabyCenter


Quando é que devo fazer o teste de gravidez?

Depende se estivermos a utilizar um teste de urina ou um teste sanguíneo. Todos os testes de gravidez medem a quantidade de hCG no nosso corpo (a hormona presente no nosso corpo quando estamos grávidas), mas os dois tipos de testes diferem no modo e quando a detectam.

A maioria dos testes de gravidez efectuados em casa são testes de urina. Eles detectam a quantidade de hCG na urina, mas apenas quando a hormona atinge um determinado nivel. Se utilizarmos um destes testes demasiado cedo, a quantidade de hCG na urina poderá não ser suficiente para um resultado positivo. Porém, a maioria dos testes de gravidez dão resultados exactos se fizermos o teste alguns dias depois do dia previsto do período. 

Um teste pode dar resultado negativo por vários motivos: podemos não estar grávidas, podemos ter feito o teste demasiado cedo, podemos ter ovulado mais tarde do que pensávamos, ou podemos ter uma gravidez com problemas que afectam a quantidade da hormona no nosso corpo. Se tivermos um resultado negativo, devemos testar novamente dias mais tarde se ainda não tiver aparecido o período.

O outro tipo de teste de gravidez mede a quantidade de hCG na corrente sanguínea e não na urina. Os testes ao sangue conseguem medir quantidades mais baixas da hormona, por isso conseguem detectar a gravidez mais cedo que os testes de urina, geralmente cerca de 6 a 8 dias após a ovulação. Infelizmente, os testes ao sangue são mais caros e têm de ser prescritos por um médico. A maioria das mulheres utilizam os testes à urina, visto que são mais práticos e fáceis de usar.

Tracey Telles - Obstetra e Especialista de Fertilidade

publicado por babyblues às 00:01 | link do post | partilhar