Nutrição da fertilidade

A dieta da fertilidade: os nutrientes de que necessitamos para engravidar

Depois da má experiência que tive quando abortei, culpei-me a mim mesma. Culpei-me por não ter desintoxicado o meu corpo da pílula pelo menos durante um mês, por não ter tomado vitaminas antes de tentar engravidar, pela má nutrição... Acreditei sempre que tudo se deveu ao facto do meu corpo não estar preparado para receber um bebé.

Decidi que desta vez iria, pelo menos tentar, estar mais bem preparada.

Se queremos preparar o nosso corpo para uma futura gravidez não nos podemos esquecer da velha máxima "Somos o que comemos", porque tudo o que ingerimos afecta tudo, desde o nosso sangue, as nossas células e as nossas hormonas. Por isso, três meses antes das tentaivas devemos alterar os nossos hábitos alimentares, seguindo uma dieta saudável quer para nós, futuras mamãs, quer para os nossos bebés.

 

1-Álcool

Toda a gente sabe que beber álcool em demasia pode prejudicar a concepção de um bebé. Uma bebida ocasional não fará mal, mas o álcool é prejudicial à gravidez. Quando alguém está na fase das tentativas nunca saberá se já estará grávida ou não, por isso há que evitar o álcool radicalmente, excepto durante o período menstrual. No meu caso sou completamente abstémia e muito raramente me convencem a beber uma bebida alcoólica.

 

2-Cafeína

O consumo moderado de cafeína não prejudicarão as tentativas de engravidar. Estudos indicam que a cafeína contrai as veias, fazendo com que o sangue corra mais devagar até ao útero o que poderá dificultar a nidificação do óvulo. No entanto, eliminar radicalmente a cafeína também poderá provocar dor de cabeça, por isso o melhor é fazê-lo gradualmente, substituindo-a por descafeinado. Para sonseguir sobreviver a um dia de trabalho tomo um café depois de almoço, mas quando estive grávida tomava dois para combater a sonolência que a gravidez provoca.

 

3-Carbohidratos

O consumo de carbohidratos não devem ser consumidos em excesso. Os carbohidratos, como pão branco, massas e arroz, não irão diminuir as hipóteses de engravidar, mas podem afectar o nosso corpo. O processo de refinamento retira 17 nutrientes e entre eles alguns que poderão ser benéficos para a nossa fertilidade, como antioxidantes, vitaminas e ferro. Quando andamos a tentar engravidar devemos ter uma dieta rica em nutrientes.

 

4-Comer tudo o que é verde, vermelho e amarelo

A fruta e os vegetais fornecem não só vitaminas e minerais, como também fornecem micronutrientes, como antioxidantes. Os radicais livres são moléculas que prejudicam os órgãos reprodutivos. Por isso, devemos ter uma dieta colorida (não estou a falar de M&M's) de frutas e vegetais. Devemos comer pelo menos 2 porções de fruta e 3 de vegetais por dia.

 

5-Peixe

A nossa fertilidade precisa de omega 3, ingrediente secreto abundante no peixe.

 

6-Ferro

Antes de engravidar devemos tomar um suplemento vitamínico que inclua ferro, porque o nosso corpo terá dificuldade em manter os níveis de ferro à medida que o bebé se desenvolve. A falta de ferro pode provocar anemia pós-parto. E uma curiosidade: o período menstrual expulsa o ferro do nosso corpo.

 

7-Toxoplasmose

A toxoplasmose é uma bactéria que se pode encontrar  em vários produtos alimentares e as mulheres grávidas têm maior probabilidade de adoecerem devido à ingestão de alimentos contaminados. A toxoplasmose pode provocar abortos no primeiro trimestre de gravidez. Pode-se fazer um exame que indica se somos imunes ou não à toxoplasmose. No meu caso, sou imune o que me deixa mais à vontade para comer tudo o que quero. Mas quem não é imune deverá ter cuidado ao ingerir produtos de charcutaria (que geralmente são crús ou mal cozinhados), saladas fora de casa, marisco,etc.

Também se deve cozinhar muito bem os alimentos, geralmente quando são grelhados ou cozinhados a vapor, e não ingerir nenhuma comida  ou alimento que tenha estado fora do frigorífico mais do que 2 horas.

 

8-Proteínas

Devemos evitar ao máximo manter dietas alimentares que excluam um grupo alimentar ou que enfatize demasiado um determinado grupo. Devemos garantir o consumo diário de proteínas, incluindo peixe, carnes magras, nozes e legumes.

 

9-Vitaminas

Conseguir ingerir todos os nutrientes que necessitamos, enquanto tentamos engravidar, apenas através da comida que ingerimos é difícil. Por isso, precisamos de ingerir vitaminas pré-natais. Apesar destas vitaminas terem todos os nutrientes que necessitamos, elas têm um custo um pouco elevado (em média 15€/mês) e podem afectar o nosso estômago, visto que contêm altos níveis de nutrientes. Os médicos geralmente aconselham a tomarmos as vitaminas à noite, antes de deitar, para aquelas mulheres que sofrem de enjoos.

Na minha primeira gravidez tomei o Centrum Materna e resultou muito bem comigo, mas nunca fui pessoa de sofrer de enjoos.

 

10-A dieta dele

Uma dieta saudável para ajudar à nossa fertilidade, não se pode centrar apenas nas mulheres. Muitos médicos começam também a recomendar vitaminas para eles, especialmente aquelas que contêm zinco e selénio, 3 meses antes das tentativas. Estudos indicam que estes minerais contribuem para um esperma saudável. E porquê 3 meses antes? É o tempo que o corpo leva a desenvolver um esperma saudável. Os especialistas dizem que o esperma de hoje de um homem foi criado pelo seu corpo há 90 dias atrás.

Artigo traduzido e adaptado do original Fertility diet: the nutrients you need to conceive de Catherine Guthrie

publicado por babyblues às 00:01 | link do post | partilhar